Para Alonso o vice-campeonato é uma meta muito ambiciosa para a Ferrari

Alonso afirmou que o vice-campeonato é um sonho difícil de ser realizado.

Fernando Alonso acredita que almejar o segundo lugar no campeonato de construtores de 2013, na Fórmula 1, pode ser uma meta muito ambiciosa para Ferrari, dada a sua forma atual.

 

A equipe italiana estava esperando garantir o lugar de vice-campeão este ano, mas a Mercedes aumentou a diferença para 15 pontos no GP dos Estados Unidos. Alonso foi o único a pontuar para a Ferrari em Austin, terminando em quinto, logo atrás da Mercedes de Lewis Hamilton. O companheiro de equipe do espanhol, Felipe Massa terminou em 12º e não pontuou.

 

Alonso afirmou que o vice-campeonato é um sonho difícil de ser realizado.

Alonso afirmou que o vice-campeonato é um sonho difícil de ser realizado.

Alonso reconhece que há pouca coisa que a Ferrari possa fazer no momento, para tentar vencer a Mercedes, considerando a velocidade dos dois carros. “Não há nada que possamos fazer no momento. Nós lutamos para entrar no Q3, e também lutamos para pontuar no domingo, por isso temos de fazer muito mais no Brasil, se quisermos lutar pelo vice-campeonato de construtores. Ou talvez, seja uma meta demasiadamente otimista. Precisamos ser mais realistas e saber que a luta pelo segundo lugar era um sonho e talvez seja muito difícil transformar esse sonho em realidade”, afirmou.

Alonso conseguiu garantir o segundo lugar, ficando atrás de Sebastian Vettel no campeonato de pilotos, e admitiu que estava muito orgulhoso, dada a falta de competitividade de sua Ferrari. “Estou muito orgulhoso. Nós não temos o segundo carro mais rápido, de modo a garantir a segunda posição, o que é uma grande recompensa para mim. Esse é provavelmente um dos meus pontos mais fortes, marcar muitos pontos aos domingos. Independente do carro que nós temos, lutaremos pelo vice-campeonato até a última corrida”, encerrou.